Parque Amantikir

amantikirAntes de saber um pouco mais sobre esse éden exclusivo da Serra da Mantiqueira, cogitemos a seguinte questão: por que visitar um jardim? Apesar de ter sido considerada pelos  usuários do TripAdvisor como a “melhor opção do que fazer em Campos do Jordão” por quatro anos seguidos (2013 a 2016), a ideia de “ter que pagar apenas para olhar” ainda é o argumento que impede alguns turistas de vivenciar essa experiência indescritível.

Se você é uma dessas pessoas considere o seguinte: quanto tempo da sua vida você dedica para apreciar a natureza? Conviver com plantas faz parte do seu dia-a-dia? Se a resposta for não, acredite, uma mudança de hábitos viria a calhar!

Estudos comprovam que o hábito de frequentar áreas verdes aumenta significativamente a sensação de bem-estar e a qualidade de vida. O contato com a biodiversidade alivia o estresse, eleva o bom-humor e a autoestima, preserva a saúde mental, fortalece o sistema imunológico, potencializa as capacidades cognitivas e aumenta a longevidade.

Um estudo realizado pela Universidade de Essex, no Reino Unido, e publicado na Environmental Science & Technology comprova alguns desses benefícios. Os pesquisadores que participaram deste projeto afirmam que se as pessoas aderissem à prática de “exercícios verdes”, ou seja, atividades ligadas à natureza, haveria resultados positivos tanto em relação ao indivíduo, quanto em relação à sociedade e aos custos dos serviços de saúde.

Uma outra pesquisa, realizada pelo professor Frances Kuo da universidade de Illinois, constatou que pessoas com menos acesso à natureza são mais desatentas, apresentam funções cognitivas menos desenvolvidas e têm maior dificuldade para lidar com acontecimentos diários e para controlar impulsos.  

Agora que já sabe a relevância desse contato, a questão que surge é: por que o Parque Amantikir? E essa é a pergunta mais fácil de se responder!

O parque foi projetado pelo engenheiro agrônomo e paisagista jordanense Walter Vasconcellos. O Dr. Garden, como é popularmente conhecido, ficou famoso por cuidar de jardins particulares de grandes propriedades da região.

Apaixonado pela Mantiqueira e pelo poder das plantas, Walter sonhava com um jardim que pudesse ser apreciado por qualquer pessoa, a todo momento, para que não passasse despercebida nenhuma de suas fases. E foi inspirado nessa ideia e com ajuda de alguns amigos e clientes, que no dia 25 de agosto de 2007, ele pôde inaugurar o Amantikir.

Atualmente, com mais de 700 espécies distribuídas entre os 60.000 m² de extensão, o parque subdivide-se em três regiões, com o intuito de homenagear e valorizar as riquezas características de cada parte da Serra da Mantiqueira. São elas:  

  • Mantiqueira Paulista: com jardins inspirados em diversos países, para representar a característica cosmopolita e a influência europeia presente nesta região;

  • Mantiqueira Fluminense: composta por florestas e bosques, representa o aspecto mais nórdico e preservacionista desta região;

  • Mantiqueira Mineira: fiel às origens nativas, composta por jardins brasileiros característicos da área habitada pela Nação Tupi.

O local funciona todos os dias, das 8h às 17h. O valor da entrada é de R$ 40,00 a inteira e R$ 20,00 a meia. Mediante ao pagamento de uma taxa de locação, é liberada a realização de ensaios fotográficos e a disponibilização de espaços para eventos corporativos.

O projeto Amantikir se baseia nos ideais de diversidade, sustentabilidade e educação. E o objetivo é proporcionar uma experiência que mude a forma do visitante enxergar e se relacionar com si mesmo e com a natureza.

Não deixe de vivenciar essa sensação! Aproveite as maravilhas do jardim, depois venha se aconchegar nas suítes da Pousada Cheverny. Será, de fato, uma experiência etérea.

 

Fonte:

http://www.paisagismobrasil.com.br/index.php?system=news&news_id=1780&action=read

http://www.paisagismobrasil.com.br/index.php?system=news&news_id=1898&action=read

http://www.parqueamantikir.com.br/por-que-amantikir/

https://www.obaoba.com.br/viagem/noticia/programas-incriveis-para-aproveitar-o-melhor-do-inverno-em-campos-do-jordao